Além disso

Nota para os residentes de verão: por que as mudas de tomate ficam amarelas?

Nota para os residentes de verão: por que as mudas de tomate ficam amarelas?



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O problema de amarelecimento das folhas de mudas de tomate pode ultrapassar jardineiros experientes e novatos.

Amarelecimento pode sinalizar cuidado impróprio com as mudas ou indicar a presença de um fungo.

O principal é encontrar as raízes do problema em tempo hábil e consertar o problema, caso contrário, toda a safra está em risco.

Neste artigo, discutiremos as razões pelas quais o amarelecimento geralmente ocorre e como lidar com esse fenômeno desagradável.

Os motivos mais comuns

Por que as folhas inferiores do tomate secam, as mudas não crescem, murcham e o que fazer neste caso?

Priming

A abundância de turfa em um substrato preparado para a semeadura pode retardar o crescimento das mudas e formar tons de amarelo claro na folhagem. Além disso o substrato deve conter areia e perlitacaso contrário, após a rega, o solo se tornará um caroço pesado, o que interferirá no desenvolvimento normal das raízes.

Importante. A salinidade do solo é uma das principais razões para o amarelecimento das folhas das mudas de tomate.

Você pode detectar um excesso de sal observando as manchas brancas e amarelas na superfície da terra. A salga ocorre a partir de água dura ou excesso de fertilizante.

Para resolver o problema do solo, você terá que transplantar mudas, tendo criado anteriormente uma mistura de terra ideal, consiste em:

  1. Areia de rio lavada - 1 parte.
  2. Sod land -2 partes.
  3. Solo frondoso ou turfa - 1 parte.
  4. Perlite - 1 parte.
  5. Substrato de coco - 1 parte.
  6. Cinza de madeira - 0,5 partes.

A salga do solo é tratada limpando-se o solo da superfície (3 centímetros são suficientes) e borrifando com água da chuva macia.

Rega

Mudas de tomate precisam de um regime especial de rega. Os requisitos básicos são:

  • Rega infrequente, mas abundante.
  • Água morna.
  • A melhor hora do dia para o procedimento é de manhã ou à noite.
  • A água escorre sob a raiz, evitando o contato com as folhas.

Mudas são igualmente prejudiciais ao excesso de líquido e sua deficiência... A umidade estagnada priva as raízes de oxigênio, e como resultado o amarelecimento se forma nas folhas, as raízes apodrecem e o fruto acaba tendo um sabor aguado. A falta de umidade pode ser reconhecida pelas folhas inferiores retorcidas e amarelas das mudas, enquanto a copa permanece verde, devido ao fato da planta destinar recursos para o desenvolvimento de novas folhas.

Conselho. Para resolver o problema, é necessário normalizar o fluxo de água soltando o solo e regando abundantemente, desde que tenha secado suficientemente após a rega anterior.

Comida

Os oligoelementos são um fator muito importante que afeta a saúde da planta e das mudas em geral. De acordo com alguns sinais, você pode determinar exatamente o que falta nas mudas e abastecer com isso.

  • Potássio... Sua deficiência resulta no amarelecimento das bordas e pontas das folhas quando as nervuras permanecem verdes. Para reabastecer, você pode alimentar as mudas com sulfato de potássio ou humato de potássio.
  • Azoto... Sua deficiência é visível nas pontas e veias amareladas. O amarelecimento aparece nas folhas inferiores das mudas e as folhas superiores diminuem de tamanho. Os tratamentos incluem uréia, nitrato de amônio, verbasco podre ou fezes de frango.
  • Cálcio... Sua ausência enrola e deforma as folhas. As folhas superiores ficam amarelas, enquanto as inferiores permanecem verdes. Você pode corrigir a situação com nitrato de cálcio.
  • Zinco... Sua falta torna as placas das folhas de baixo amareladas, como se fossem incolores. A solução será borrifar as folhas das mudas com sulfato de zinco.
  • Ferro... Seu déficit em reduzir o tamanho das novas folhas. A folhagem no topo torna-se amarela, com nervuras salientes verde-escuras. Para compensar a deficiência, você pode adicionar quelato de ferro ao líquido de rega ou polvilhar as folhas com vitríolo.
  • Magnésio... Sua desvantagem torna a orla ao longo do contorno amarela e deixa os veios verdes. A adição de sulfato de magnésio ao líquido ajuda.
  • Fósforo... Sua falta deixa o caule e as folhas roxos, e a copa das mudas fica amarelada. Os problemas são resolvidos pela extração de superfosfato.
  • Manganês... A falta dela amarelece as folhas e as seca, o que leva ao seu murchamento e queda. Para normalizar a situação, basta borrifar a folhagem com sulfato de zinco.

Se vários elementos estiverem faltando, quando a folhagem das mudas ficar verde-amarelada e o caule for fino e alongado, você pode usar um fertilizante complexo. A fim de melhorar a digestibilidade da alimentação e prevenir queimaduras o procedimento de fertilização deve ser realizado em substrato úmido.

Iluminação

Mudas de tomate adoram luz e reagem negativamente a tempo nublado prolongado, até amarelecimento.

Para que as mudas recebam uma dose de iluminação suficiente, recomenda-se em casa colocar as mudas no parapeito de uma janela localizada no lado ensolarado.

Além disso, você pode obter fitolâmetros especiais que ajudarão a estender as horas do dia. As plantas devem ser expostas à luz por cerca de 12 horas..

O excesso de luz também é prejudicial, pois a planta pode queimar. Além disso, é à noite que as mudas absorvem os nutrientes e, portanto, não é necessária iluminação artificial nesse horário.

Ajuste apertado

Mudas de tomate não gostam de condições apertadas... Na falta de espaço, as raízes ficam mal e as mudas começam a murchar, o que fica evidente na folhagem amarelada.

Importante... Densidade ideal do material de plantio: entre as fileiras de tomates - pelo menos 5 cm, e entre as mudas - 2 cm.

Doenças

As doenças podem levar ao amarelecimento das folhas das mudas, bem como à morte da cultura. Os mais comuns são:

  1. Fusarium... A doença pode ser reconhecida pelo murchamento das folhas inferiores e pelo amarelecimento de todas as outras folhas e do topo da muda. Se a planta não for completamente afetada pelo amarelecimento, você pode tentar salvá-la transplantando-a para um solo limpo. Se a planta estiver completamente estragada, tudo o que resta é jogá-la fora para evitar a propagação da infecção. Pulverizar com fitoespirina também ajuda.
  2. Perna negra... Uma doença infecciosa que é muito perigosa para muitas plantas, incluindo o tomate. Sua presença é evidente pela decomposição do colo da raiz, amarelecimento e queda das folhas. A planta como um todo fica letárgica e cai. Não existe cura para o canela-preta, o principal é ter tempo para destruir as mudas infectadas antes que a bactéria passe para as saudáveis.
  3. Podridão... A umidade excessiva e a falta de calor levam ao aparecimento de podridão. Pode ser diagnosticado por amarelecimento, queda e apodrecimento das plantas. Mudas doentes devem ser arrancadas e jogadas fora, e as saudáveis ​​devem ser transplantadas.

Nuances

Às vezes, um problema pode ocorrer em certas circunstâncias e ações, por exemplo:

  • Depois do transplante... Por mais cuidadoso que seja o transplante, as mudas de tomate continuam estressadas e durante o período de adaptação a fileira inferior de folhas ficará amarelada. A aclimatação ocorrerá em breve.
  • No peitoril da janela... Se o amarelo se manifestou repentinamente, sem realizar nenhuma manipulação adicional por parte do jardineiro, então o problema pode estar nas queimaduras recebidas do sol ou de uma corrente de ar. Caso contrário, você deve dar uma olhada mais de perto, pois pode ser devido a uma doença ou má nutrição.
  • Depois da escolha... Nem todos os jardineiros sabem por que as mudas de tomate ficam amarelas após a colheita. Para mudas, é natural reagir com o aparecimento de amarelecimento a este procedimento, após 7 a 10 dias tudo voltará automaticamente ao normal. Para se acalmar, você pode pulverizar as mudas com "Epin".
  • Aterragem no solo... É importante que as mudas se adaptem às condições ambientais. Muitos fatores têm um impacto nisso - qualidade do solo, temperatura, terra insuficientemente aquecida e assim por diante. O pré-endurecimento das mudas ajudará a evitar problemas. Para fazer isso, ele pode ser levado para a sombra, cada vez aumentando o tempo de permanência na sombra e, em seguida, devolvendo-o ao sol.
  • Terreno aberto... Nesse caso, o amarelecimento pode ser decorrente da falta de nutrientes no solo ou da presença de fungos. Em tal situação, fertilizar e desinfetar o solo ajudará, se houver necessidade dessas medidas.
  • As folhas inferiores das mudas ficam amarelas... Isso pode acontecer por vários motivos. Após o transplante (em caso de execução correta), o amarelecimento vai passar por si mesmo, se for falta de nitrogênio é necessário dar nutrição adicional às mudas. Além disso, o efeito de amarelecimento das folhas inferiores pode ser observado em altas ou baixas temperaturas, ou rega insuficiente.

Importante... É necessário monitorar atentamente o aspecto das mudas, pois as menores alterações podem diagnosticar corretamente o problema e tomar medidas oportunas.

Em geral, as mudas de tomate precisam de um equilíbrio ideal de luz, temperatura, umidade e nutrientes do solo. A presença dessas condições evitará a ocorrência de riscos.

Vídeos relacionados

Oferecemos a você que assista a um vídeo sobre por que as mudas de tomate ficam amarelas e como resolver o problema:


Assista o vídeo: Nunca plante TOMATE antes de ver esse VÍDEO!!! (Agosto 2022).