Além disso

As nuances de comer couve-flor durante a gravidez e a amamentação. Conselhos médicos e receitas deliciosas

As nuances de comer couve-flor durante a gravidez e a amamentação. Conselhos médicos e receitas deliciosas



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A gestante monitora de perto sua saúde durante a gravidez. E após o nascimento da criança, ele segue uma alimentação adequada. Afinal, produtos de baixa qualidade ou nocivos afetarão imediatamente o bem-estar do bebê. Eu não quero brincar com isso.

Os nutricionistas dizem: a dieta de uma mulher grávida deve incluir alimentos ricos em proteínas de fácil digestão.

Esses produtos incluem principalmente couve-flor - uma fonte valiosa de vitaminas, minerais e aminoácidos essenciais. Nessa situação, não será supérfluo comer frutas e vegetais, principalmente couve-flor. Este artigo discute em detalhes as nuances de comer couve-flor durante a gravidez e a amamentação, dá conselhos de médicos e apresenta receitas de refeições saudáveis ​​para uma mãe que amamenta.

A composição do produto

A couve-flor durante a amamentação é um produto valioso... Nutre o corpo da mulher com minerais úteis, vitaminas, ácidos orgânicos importantes para a saúde. O bebê recebe as mesmas substâncias por meio do leite.

A couve-flor contém vitaminas, apoiam o corpo da mãe durante a deficiência de vitaminas:

  • vitamina C;
  • vitamina B1 (tiamina);
  • riboflavina;
  • piridoxina;
  • vitamina K;
  • vitamina U.

Além disso, as fibras do repolho contêm vários macro e microelementos: cálcio, potássio, magnésio, iodo, manganês, selênio, cobre, cloro, zinco, ferro, fósforo, sódio. Os minerais melhoram o funcionamento do sistema imunológico.

Não se esqueça dos sais minerais, pectina, enzimas, biotina, fibra, colina, ácidos graxos ômega-3. Eles têm um efeito positivo no trato gastrointestinal, no funcionamento do fígado, rins e seios de uma mulher. Você pode aprender mais sobre a composição e o conteúdo calórico da couve-flor em nosso artigo.

Você pode comer um vegetal?

Durante a gravidez

Nesse momento, a couve-flor pode e deve ser comida. O vegetal é útil para o corpo de uma mulher grávida.

Couve-flor contém:

  1. Fósforo afeta a formação do sistema esquelético do bebê. E também não permite que a mãe desmaie.
  2. Potássio fortalece o músculo cardíaco.
  3. Ferro mantém a hemoglobina normal, protegendo assim do desenvolvimento de anemia e hiperplasia fetal.
  4. Magnésio - uma espécie de bloqueador do estresse e da depressão, importante durante o período de gravidez. A substância fortalece o sistema nervoso central, principalmente quando combinada com a vitamina B6.
  5. Ácido tartrônico evita a deposição de tecido adiposo.
  6. Ácido fólico protege o feto de defeitos congênitos.

No primeiro e segundo meses de GW

Os nutricionistas recomendam incluir a couve-flor na dieta da mulher durante a lactação. No entanto, não imediatamente. Você pode experimentar o vegetal pela primeira vez 2 a 3 semanas após o parto.

Uma porção não deve exceder 50 gramas. É aconselhável comer repolho cozido no vapor, sem temperos e com uma quantidade mínima de sal. Então não use por alguns dias, veja a condição da criança. Se nenhum resultado negativo for encontrado, vale a pena aumentar gradativamente a porção para 100 gramas.

Aos 2 meses de GW, a taxa diária de repolho cozido será de cerca de 200 gramas... Com o tempo, um vegetal dietético pode ser adicionado a sopas, ensopados e ensopados. No entanto, não frite. Claro, comer cru é contra-indicado. O abuso também é desencorajado.

Benefícios para uma mãe que amamenta e um bebê

O valor de um produto alimentar, assim como o seu efeito no organismo, é calculado com base na sua composição. Portanto, não há dúvida sobre as propriedades benéficas da couve-flor.

  1. O alto teor de vitamina C fortalece o sistema imunológico, reduz a probabilidade de contrair doenças virais e infecciosas.
  2. A couve-flor reduz os níveis indesejados de colesterol no sangue. Normaliza o componente quantitativo dos lipídios.
  3. Fornece prevenção do câncer de mama.
  4. Os médicos aconselham um vegetal ao lidar com quilos extras. Apesar da extensa reserva mineral, o produto é baixo em calorias. Em 100g, são apenas 30 kcal.
  5. A fibra normaliza o metabolismo e a função intestinal. Se uma mulher tiver problemas com fezes após o parto, este produto ajudará a resolvê-los.
  6. É importante para os bebês que a couve-flor seja um vegetal com baixo teor de alergia. As reações alérgicas são raras.
  7. Outra vantagem para o bebê é que o produto não causa cólicas e aumenta a produção de gases no intestino. Em crianças pequenas, esta é uma ocorrência bastante comum.

Você pode aprender a introduzir corretamente a couve-flor em alimentos complementares para uma criança com este artigo.

Contra-indicações

A couve-flor não deve ser consumida por mães com doenças:

  • Trato gastrointestinal, gastrite, pancreatite, úlcera;
  • aumento da acidez do estômago;
  • cólica intestinal;
  • problemas com o sistema geniturinário;
  • hipertensão;
  • doenca renal.

Além disso, você não pode comer um vegetal com intolerância individual. O produto deve ser descartado se forem observadas erupções alérgicas ou descoloração da pele em uma criança. Quando o bebê tem inchaço, cólica, espasmos nos intestinos, exclua a couve-flor do cardápio feminino. Para mais informações sobre as propriedades benéficas e prejudiciais, bem como sobre quais doenças é necessário usar a couve-flor com cautela, leia aqui.

Como cozinhar - receitas passo a passo

A dieta da gestante deve ser completa e balanceada.... Legumes e frutas são seu principal componente.

Ideal quando o cardápio para uma gestante for composto por ½ produtos vegetais.

Para mulheres grávidas

O processo de carregar um filho não é uma doença para a qual uma dieta seja prescrita. A dieta diária não precisa ser alterada drasticamente. Basta focar nas propriedades benéficas dos produtos, e não apenas nas saborosas.

Cozido

Ingredientes:

  • couve-flor 500g;
  • leite desnatado - 80ml;
  • manteiga - 20g;
  • queijo duro - 30-40g;
  • farinha premium - 25g;
  • creme de leite gordo - 30g;
  • Migalhas de pão;
  • sal, ervas.

Preparação:

  1. Primeiro, lave a cabeça do repolho e desmonte-a em inflorescências.
  2. Ferva em água com sal até ficar meio cozido. Cerca de 7 a 10 minutos.
  3. Neste momento, prepare o molho cremoso: frite a farinha em uma panela até dourar. Adicione o leite, o creme de leite e um pouco de queijo ralado. Depois de ferver, desligue.
  4. Quando o repolho é fervido, você precisa de mais líquido no copo.
  5. Ao preparar uma assadeira pequena, unte com óleo. Espalhamos as inflorescências sobre ela, recheio-a com o molho, polvilhamos com o queijo restante.
  6. Enviamos ao forno com temperatura de 180 ° C por 20 minutos.
  7. Polvilhe com ervas após o cozimento.

Para um casal

Ingredientes:

  • cabeça de couve-flor;
  • azeite;
  • sal pimenta.

Preparação:

  1. Em primeiro lugar, é preciso dividir em inflorescências e lavar o repolho.
  2. Leve a água para ferver em banho-maria e coloque os vegetais por cima. Cubra com uma tampa.
  3. Tempo de cozimento 10-15 minutos.
  4. Aí tiramos e deixamos o excesso de líquido escorrer.
  5. Polvilhe com azeite e sal. O repolho está pronto como acompanhamento.
  6. Você também pode moer o repolho acabado no liquidificador até obter uma consistência de purê, adicionar manteiga ou leite e servir.

Ao amamentar

Para uma mãe que amamenta e um bebê, você deve escolher apenas refeições saudáveis ​​feitas com produtos de qualidade.

Pratos fritos, em conserva e defumados devem ser descartados definitivamente. Durante a lactação, é necessário incluir a couve-flor na dieta.

Sopa de vegetais

Ingredientes:

  • couve-flor 300 g;
  • cenouras - 1 pc;
  • cebola - 1 pc;
  • batatas - 3 pcs;
  • ervilhas verdes - 100 g;
  • creme opcional;
  • sal, ervas.

Preparação:

  1. Despeje 2 litros de água em uma panela e leve ao fogo.
  2. Depois de ferver, mandamos cebolas picadas, batatas, cenouras para lá.
  3. Cozinhe em fogo médio por 15 minutos.
  4. Em seguida, mandamos repolho e ervilha para os vegetais, continuando a cozinhar por mais 7 minutos.
  5. No final da cozedura tempere com sal e natas.
  6. Polvilhe com ervas antes de servir.

Caçarola

Ingredientes:

  • couve-flor 500 g;
  • filé de frango - 300g;
  • ovos - 3 peças;
  • leite - 150 ml;
  • queijo ralado - 100g;
  • sal, ervas.

Preparação:

  1. Ferva primeiro o repolho e a carne.
  2. Em seguida, amasse bem as inflorescências acabadas com um garfo e transforme em mingau.
  3. Pique a carne finamente e acrescente ao repolho.
  4. Coloque esta mistura em uma assadeira.
  5. Faça um recheio: em um recipiente fundo, misture o leite, os ovos, 50g de queijo.
  6. Tempere com sal e despeje a mistura em uma assadeira, sobre o repolho e a carne.
  7. Em seguida, polvilhe com o queijo restante.
  8. Asse no forno por 20 minutos a 150 ° C.

A receita da caçarola pode ser usada se a criança não tiver reações alérgicas aos ingredientes do prato.

Você pode encontrar mais receitas de pratos de couve-flor aqui.

A couve-flor recolhe uma grande quantidade de nutrientes. E ela - um componente importante da dieta para a amamentaçãoporque o conjunto inicial de alimentos para a dieta após o parto é escasso. E a comida de uma mulher para ela e seu filho precisa ser levada de algum lugar. Ao mesmo tempo, sem agredir o corpo.


Assista o vídeo: Comece a Comer 2 Cravos por Dia e Veja o Que Acontecerá (Agosto 2022).