Jardinagem

Gramado DIY

Gramado DIY


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

PREPARAÇÃO DO SOLO E SEMENTES DE CARNE VERDE


Para semear um gramado verde, você deve seguir cuidadosamente algumas regras básicas:
Primeiro, você precisa deixar cerca de 30 ou 40 centímetros de solo fértil, realizando movimentos leves da terra. Posteriormente, as pedras e as raízes que o solo contém serão removidas; assim que a limpeza for concluída com a ajuda do leme rotativo, é necessário trabalhar o solo até a terra ficar macia, esse processamento deverá ser realizado quando a terra estiver perfeitamente secar. Por fim, você precisa raspar o chão para poder nivelá-lo adequadamente. Uma etapa de processamento muito importante é a fertilização, que deve ser realizada de maneira perfeitamente uniforme com fertilizantes com alto teor de fósforo, potássio e nitrogênio, além de ser possível usar de preferência estrume maduro. Para garantir que o fertilizante ou o esterco seja absorvido pelo solo, recomenda-se moagem adicional. Além disso, não se esqueça do rolamento obtido com a ajuda de um rolo especial que deve pesar pelo menos 100 quilos. Depois de realizar esse último processo, a superfície deve ser nivelada novamente para eliminar as depressões ou inchaços. Após todos esses procedimentos fundamentais, você pode começar a semear o gramado, com a ajuda de uma semeadora precisa. Depois será necessário varrer o solo para cobrir as sementes perfeitamente. Finalmente, você terá que passar o rolo novamente. A primeira irrigação deve ser gradual, sem causar erosão ou inundações que possam comprometer o crescimento da água.

CUIDADOS DO PRADO VERDE



A manutenção comum do gramado verde inclui inúmeras fases muito importantes, como corte, irrigação, fertilização e remoção de ervas daninhas irritantes.
Para uma rega uniforme, é aconselhável comprar e instalar um sistema de chuva prático e eficiente, que possa ser enterrado ou instalado na superfície; no mercado, existem tanto automático quanto manual, dependendo de suas preferências.
A roçada do gramado é muito importante, não existe uma regra que determine o intervalo entre um corte e outro, esse procedimento depende principalmente do tipo de gramado semeado, irrigação e fertilização. No entanto, em qualquer caso, é aconselhável cortar a grama no máximo a cada quinze dias. Devemos prestar muita atenção às lâminas do cortador de grama, de fato, este último deverá ser arquivado adequadamente, como se não fossem muito afiados, comprometerão a vitalidade do gramado devido ao desgaste da grama, que ficará amarela. total. Além disso, é aconselhável evitar cortar a grama quando o solo estiver muito seco ou quando a grama estiver molhada, pois ela se agarra às máquinas que, por sua vez, comprometem o corte. A melhor época para cortar a relva é à noite no verão e no resto do ano no início da tarde.
A fertilização é uma fase essencial, pois quando cortamos a grama, vamos remover o importante alimento do gramado, portanto, devemos devolvê-lo com fertilização. É aconselhável fertilizar o gramado na primavera e prosseguir a cada 5 semanas. como já mencionado, as substâncias necessárias são nitrogênio, potássio e fósforo. Não esqueça que também devemos manter sob controle as ervas daninhas irritantes, algumas podem ser removidas com a ajuda de ferramentas mecânicas, outras de pequenas dimensões podem ser removidas com o escarificador. A fim de impedir o rebrota do mesmo, em todos os casos é necessário ir também para erradicar as raízes.

Gramado faça você mesmo: AS DOENÇAS DO GRAMADO VERDE



O gramado pode ser atacado por inúmeras doenças de origem fúngica, sendo as mais comuns:
MARCIUME ROSA: que ataca no inverno e se desenvolve sobretudo em clima úmido e em solo com alta quantidade de nitrogênio. Esta doença afeta o gramado, especialmente quando o gramado está coberto de neve, essa patologia mostra manchas esbranquiçadas e redondas que podem atingir 30 ou 40 centímetros.
LA MACCHIA BRUNA: afeta preferencialmente o solo fértil com a presença de um clima quente e úmido.
A MANCHA AMARELA: afeta principalmente as áreas gramadas do centro-norte da Itália e é favorecida pelo clima severo e às vezes úmido dos meses de inverno.
O MARCIUM DA FOLHA: geralmente atinge o gramado jovem, fazendo com que apodreça das raízes até atingir o colar. Esta doença ataca o solo rico em nitrogênio e a presença de um clima úmido.
ESCLEROTINOSE: sempre uma doença fúngica é típica do clima quente e com alta umidade; nesse caso, afeta os solos pobres em nitrogênio.
O FIO VERMELHO: possui manchas redondas de cerca de 15 a 20 centímetros, de cor vermelha e afeta principalmente no outono e primavera.
Essas doenças podem ser combatidas executando primeiro um corte cuidadoso da grama e, em seguida, prosseguindo com tratamentos fungicidas direcionados de amplo espectro.