Jardinagem

Criar um jardim de pedras

Criar um jardim de pedras


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Criar um jardim de pedras


Para quem tem um jardim com muita inclinação ou terreno inculto, o jardim de pedras é uma das soluções ideais.

ORIGENS E CARACTERÍSTICAS


O jardim de rochas, além de sua finalidade estética e ornamental, desempenha a função de conter o terreno inclinado, atenuando as diferenças de nível.
O jardim de rochas tem origens relativamente recentes, os primeiros sinais podem ser encontrados no período renascentista, onde além do interesse em literatura, filosofia, arte e poesia, a natureza também era muito importante. Naquela época, era moda para homens ilustres, coletando além dos objetos comuns também as maravilhas da natureza, conchas, ossos de animais aquáticos, pedras etc. A verdadeira difusão dos jardins de rochas está na era barroca, de fato o termo que define essa época que é a história do rococito deriva precisamente do uso de empilhar pedras. Os jardins de pedra modernos foram fortemente influenciados pelo estilo dos jardins japoneses, compostos por elementos que são apenas elementos naturais, como areia, água e pedras, posicionados de acordo com um sentido lógico que dita uma visão filosófica do mundo.
O jardim de rochas é diferente dos outros tipos de jardim, pois constitui uma composição real de verde criado apenas por pedras e plantas. A realização não precisa ser seguida por especialistas, ela pode ser realizada e cuidada mesmo por pessoas que não têm experiência nesse campo, mas é importante prestar atenção a alguns detalhes. O jardim de rochas é uma variante muito sugestiva para qualquer espaço verde, grande ou pequeno. Ter um grande espaço onde criar o jardim de rochas é certamente mais sugestivo, pois aumenta de fato em relação ao volume ocupado por pedras e rochas, a distância entre elas e o plantio de plantas ornamentais específicas.

COMO CRIAR UM JARDIM ROCHADO



Para criar um jardim de rochas, você precisa seguir algumas diretrizes. Primeiro, você precisa escolher um local ensolarado e nunca próximo das árvores, garantir a drenagem da água, garantir que o jardim esteja inclinado ou fazer alterações para fazê-lo, e prestar muita atenção ao arranjo das plantas com base nas espécies ao qual eles pertencem.
Para criar um jardim uniforme, a superfície a ser usada deve ter cerca de três vezes a altura do jardim. Quanto mais composições de pedra usamos, maior o espaço disponível para nós.
Quando o local onde o jardim será criado precisar ser limpo, remova as ervas daninhas ou pedras existentes. Após a limpeza, as pedras podem ser organizadas. Para dar um aspecto o mais natural possível, é aconselhável colocar as pedras na montanha, colocadas de maneira escalonada, ou seja, as pedras superiores devem ser afastadas das inferiores, para que haja espaço suficiente entre a borda de um nível e um outro para fazer as plantas ficarem. É muito importante encaixar bem as pedras no chão, tentando criar uma estrutura o mais estável possível, a fim de suportar o tempo ou o vento. Uma vez criado o primeiro grupo de pedras, é necessário prosseguir com outros grupos espalhados pelo território de maneira homogênea. Entre um grupo e outro, é necessário inserir o solo. É recomendável usar rochas locais, tanto por razões econômicas quanto para evitar custos excessivos de transporte, e por uma questão de contexto ambiental. Rochas muito porosas não são recomendadas, pois agentes atmosféricos como vento, chuva e geada podem quebrá-las. A forma das pedras e rochas deve ser a mais desigual possível, mas evitando as angulares. As rochas mais usadas são tufo, calcário e arenito.

PLANTAS PARA O JARDIM ROCHADO



As plantas adequadas para o jardim de rochas são aquelas comumente chamadas de alpinas. São espécies de plantas que conseguem crescer acima do limite em que as árvores podem sobreviver. São plantas que apresentam crescimento extremamente lento, toleram neve e vento e grandes secas, de fato desenvolvem folhas tomentosas, levemente peludas e carnudas, que lhes permitem reter o máximo de água possível diante da estação seca. As plantas alpinas precisam de exposição direta ao sol. Outras plantas adequadas para o jardim de rochas são as Rupestri, podem ser arbustos herbáceos e pequenos, também apresentam um crescimento lento e não são excessivamente grandes.
Além disso, nos jardins rochosos podem ser plantadas espécies florestais baixas, ou seja, as que crescem sob as árvores, muito resistentes porque estão acostumadas à sombra e aos solos ácidos.
Concluindo, antes de criar um jardim de rochas, é necessário primeiro escolher o tipo de planta que você gosta, de modo a tentar recriar o ambiente em que vive.



Comentários:

  1. Isiah

    Eu entendo muito bem. Eu posso ajudar com a decisão da pergunta. Juntos, nós podemos encontrar a decisão.

  2. Darrock

    Concordo plenamente com o post anterior

  3. Delancy

    Eu parabenizo, o pensamento brilhante

  4. Janie

    Eu acho que você está enganado.

  5. Vunris

    Parabenizo, que palavras necessárias..., uma excelente ideia



Escreve uma mensagem